sexta-feira, janeiro 16, 2015

E depois do adeus...

Tudo tem um fim.
Isto é certo como o destino e por isso, e depois de muito pensar, decidi dar por findo este espaço que resiste desde 2006.
A vontade era pouca, ao contrário dos assuntos pertinentes que por aí há para explorar.
 
Passou por vários governos, por mundiais de futebol, por europeus, passou por um presidente da república, o Benfica foi campeão apenas duas vezes e ganhou apenas uma taça de Portugal.
 
Ganho menos do que ganhava em 2006, temos um ex-primeiro ministro atrás das grades, mudei de emprego, ganhei mais segurança apesar de ganhar menos (já referi isto?), deixei de viajar em trabalho para fora do País, ganhei amigos, afinal não perdi nenhum, ganhei meia dúzia de cabelos brancos, peso o mesmo que pesava em 2006, ando mais, muito mais de bicicleta, voltei ao pólo, troquei de bicla uma vez e ao final de mais de 20 anos, fiz-me sócio do Benfica, vi muitos filmes e bons (e a propósito disso, o melhor que vi em 2014 foi o "A Vida Secreta de Walter Mitty", mas sem certezas),  pus-me de pé em cima de uma prancha de surf, não fui muitas vezes ao cinema, e acho que não fui uma única ao teatro.
Li muitos livros, muitos mesmo.
Tive muitas e boas férias e disso não me devo queixar.
 
O blogue viu nascer muitos espaços de gente armada em esperta, mas também os viu desaparecer.
Perdi a minha cadela Joana, e o Alberto e o Lord.
A minha gata continua por casa e está muito bem!
A Bia entrou na familia.
 
Deixo estes sons, de uma das séries que mais gostei ao longo destes anos.
As outras foram "Californication", "Weed", "Conta-me como foi", "Depois do Adeus" e claro"Os filhos do Rock".
 
Pelo caminho ficaram inúmeros blogues que visitei, depois que, ou desapareceram ou perderam o embalo, e comecei a visitar outros.

Irei continuar a visitar os meus preferidos e a comentá-los, ora pois claro!
Por fim, o dia e a hora a que este post foi publicado, não é inocente.
Tem um significado profundo e por isso também, este foi o dia escolhido para finalizar o "Fora dos Eixos".
Ficará no entanto no ar, para memória futura. Até pode ser que os putos achem piada.
Obrigado a todas e a todos. (Especialmente aos 28 seguidores).
Até sempre!

 
 

quarta-feira, janeiro 14, 2015

A fazer filmes*

Um dia, vou descobrir o segredo da porta fechada!
*post patrocinado
** E já agora, para os menos informados (e há tantos por aí), este filme data de 1947 e foi realizado por Fritz Lang.
O IMDB dá-lhe 6,9

terça-feira, janeiro 13, 2015

E a 13 de Janeiro de 2012

precisamente a esta hora...ver aqui

E vão 3 bolas!


Este gajo pode ser um azeiteiro (quantos futeboleiros não o são neste universo?), mas se há tipo que merece todos os prémios, é ele.
E não pode haver dúvidas! Não falo em orgulho de ser Português e outras balelas que se lê por aí.
Se ele fosse de outra nacionalidade e tivesse a postura deste menino, eu diria a mesma coisa.

Este gajo esforça-se, e parece que nunca se desviou do caminho por ele traçado.
Se há futebolista de que gosto, este é um deles!
*agora já chega de falarem da bola de ouro. Foi ontem, passemos à frente. Lá está! de tanto falarem de um assunto, uma pessoa perde a vontade de ler e de os ouvir.

Não tenho pachorra

À medida que o tempo passa, vou perdendo a faculdade da pachorra.
Deixei de ter pachorra para ver e ouvir telejornais.
Depois, deixei de comprar jornais.
1º porque não me dava jeito gastar dinheiro, 2º porque comecei a pensar que estar a ler em português do Brasil me poderia fazer mal. Por isso desisti, abrindo apenas excepções no Verão. Verão esse onde gosto de ler a Bola e o CM. Vá-se lá entender.
 
Ler blogues? Quando começam com textos longos perco o interesse.
Lá está! Não há pachorra.
 
Acho que vou meter a culpa nos estercos do governo! Eu não era assim :-)

segunda-feira, janeiro 12, 2015

Cinema

Depois de ter visto este filme ontem, dei por mim a pensar que se calhar foi este o rastilho que faltava para o Robin Williams dar cabo de tudo.
Bom filme e a dar trabalho, porque nos obriga a pensar um pouco.

quinta-feira, janeiro 08, 2015

Para memória futura


Estas são duas grandew capas!

quarta-feira, janeiro 07, 2015

Aquilo que se passou...

Em Paris foi uma grande cagada.
Cagada porque morreu gente e cagada porque quando se escarafuncha na merda, normalmente dá mais cagada.
Temos de pensar bem antes de gozar com o que quer que seja, visto que este mundo está cada vez mais, menos tolerante.
Seja nas minudências, seja nas coisas grandes.
Seja na esfera privada, seja na pública.
Agora, quem não sabe gozar consigo próprio, com as asneiras que faz, com o clube que gosta, com os outros, quem não sabe aceitar o tom de gozação, sinceramente, é sem dúvida má pessoa, tem má índole e pouco interessa que por aqui continue.
 

domingo, janeiro 04, 2015

Lisboa



Venha o último!

Pensava que seriam outra coisa, mais ao nível do "Senhor dos Aneis", mas é menos extraordinário!

Pobre Nazaré

Pobre país este que tem tantas cidades à beira mar e quase todas com ar de cidades de país de 3º mundo.
Suja, carros em todo o lado, trânsito, e tantas lojas fechadas e abandonadas. (prédios feios e abandonados em plena avenida principal?)
Vale pelo sítio, pelas praias, pelo farol, pelo parque de campismo e pela comida.
Quanto ao resto estaremos conversados.